Daily Archives: 12/11/2017 8:12 am

Senadores apresentam projetos para sustar decreto de Temer sobre privatizações

 

(Agência Senado)

 

 

Durante a sessão deliberativa desta terça-feira (7), vários senadores criticaram o Decreto 9.188/2017, editado na semana passada pelo presidente da República, Michel Temer. O decreto estabelece programa de venda de ativos das empresas de sociedades de economia mista, como Banco do Brasil, Eletrobrás, Eletronorte, Banco do Nordeste e Petrobras, entre outras.

 

Os senadores Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) e Lindbergh Farias (PT-RJ) comunicaram a apresentação de três projetos de decreto legislativo (PDS) com o objetivo de sustar os efeitos do decreto presidencial. Os projetos foram numerados como PDS 199/2017PDS 197/2017 e PDS 196/2017.

 

— É um escândalo! Para se criar uma estatal, uma subsidiária, tem de ser aprovado pelo Congresso Nacional; então, para vender, não tem de passar pelo Congresso Nacional? Esse decreto é inconstitucional — disse Lindbergh.

 

Juntos, Lindbergh, Vanessa e Lídice da Mata (PSB-BA) também protocolaram na Procuradoria-Geral da República (PGR) representação contra a medida presidencial por entenderem que possíveis privatizações no setor elétrico podem estar sendo feitas irregularmente e podem causar danos ao país, além de representar “agressão à soberania nacional, insegurança energética para o futuro e substancial elevação das tarifas no curto e no médio prazos”.

 

O senador Renan Calheiros (PMDB-AL) criticou Temer pela edição do decreto. Para ele, o governo Temer é “improvisado, circunstancial”, está em fim de mandato e ignora o Congresso Nacional e assunto dessa importância.

 

— O Congresso Nacional não pode aceitar que o Brasil se transforme em um balcão e que o presidente da República queira privatizar o setor elétrico por decreto, em detrimento da competência constitucional do Congresso Nacional. Isso não pode acontecer, nós não podemos assistir passivamente ao que está acontecendo no Brasil. Isso é um horror! — afirmou Renan.

 

Para Randolfe Rodrigues, o Decreto 9.188 é uma das piores decisões de um presidente da República em toda a história do país e vai “sacramentar a morte em definitivo do Estado nacional”.

 

— Esse decreto abre todas as sociedades de economia mista e subsidiárias para participação de capital externo. É um acinte esse decreto, é uma agressão. Na história nacional, esse decreto será incorporado como o texto de maior lesa-pátria que já foi editado por um presidente da República — disse Randolfe.

 

O senador Eduardo Braga (PMDB-AM) reforçou as críticas e disse que o Brasil não pode “privatizar a qualquer custo e sem um amplo debate”.

 

— É inadmissível estarmos vendo privatização sem licitação. Estamos vendo medidas tomadas com relação ao desinvestimento de empresas públicas e empresas com participação do capital nacional sendo privatizadas por decreto. Quero aqui registrar a minha preocupação com relação a esse tema e a necessidade de que esse debate seja amplamente discutido com o Congresso Nacional — afirmou Braga.

 

O senador Hélio José (Pros-DF) afirmou que o Congresso precisa rever o decreto de Temer e avisou que pedirá a criação de uma CPI para investigar o setor elétrico. João Capiberibe (PSB-AP) também criticou os planos de privatização do setor elétrico brasileiro.

 

— Este é o alerta que eu faço à sociedade brasileira: atenção com as privatizações. Lá no Canadá e nos Estados Unidos, eles não estão pensando em privatizar suas elétricas. E isso está sendo feito para quê? O governo precisa responder por que está privatizando as nossas companhias de energia elétrica — disse Capiberibe.

A caça às bruxas

 

(Ruth de Aquino, colunista da revista Época)

 

Quando vi populares atear fogo a um boneco com o rosto da filósofa americana de 61 anos Judith Butler em frente ao Sesc Pompeia, em São Paulo, sob gritos de “queima, bruxa”, senti arrepios de medo pelo que nos espera em 2018. Outro boneco foi queimado: o do “bruxo” Fernando Henrique Cardoso. Logo ele, FHC, um bruxo sem magia, que não consegue o milagre de unir o PSDB e frear a vaidade incontrolável de Aécio Neves.

 

Um jovem pisoteava os dois bonecos. Usava um boné virado para trás e um agasalho da Gap. Ria, filmava com o celular os bruxos no chão com as tripas para fora. Uma petição on-line com 350 mil assinaturas e deputados da bancada evangélica pressionaram o Sesc a cancelar o seminário da filósofa, Os fins da democracia.                  Uma senhora de batom rosa, óculos rosa e laçarote rosa na cabeça exibia cartaz com desenhos de menino brincando de boneca e menina brincando de trenzinho: “Sonho de Judith Butler é destruir a identidade sexual dos seus filhos”.

 

Judith Butler era, até a semana passada, uma total desconhecida do pessoal que se reuniu em frente ao Sesc Pompeia. A maioria absoluta dos brasileiros nunca ouviu falar da acadêmica.  É professora da Universidade da Califórnia. Nos Estados Unidos, é considerada uma das filósofas mais importantes. Em 1990, publicou um livro, Problemas de gênero – Feminismo e subversão da identidade. É casada com uma mulher. Dentro do Sesc, Judith se mostrava surpresa com a reação indignada, mas minimizava: “Deve haver muitos robôs por trás disso”.

 

O problema é que os robôs estão ganhando vida e se assanhando de tal maneira que, em vez de simplesmente se expressar, transformam seus argumentos em ódio e linchamento. É nítida a onda conservadora. Contra gays. Contra o direito ao aborto. A favor de uma população armada. Os manifestantes gritavam “I love you, Trump”. Entoavam slogans pró-Bolsonaro. Skinheads gritavam palavras de ordem nacionalistas. Muitos pediam buzinaço a favor do casamento “como Deus o fez”, entre um homem e uma mulher. O protesto era “contra a depravação de nossa cultura”.

 

Todas essas pessoas têm o direito de se manifestar, mas não de tentar censurar uma palestra, bloquear aulas de história ou fechar uma exposição artística, simplesmente por achar que “atentam contra a família” e as nossas criancinhas. A mensagem transmitida pela caça às bruxas dá arrepios de medo. Daqui a pouco, não poderemos mais pensar, dependendo de quem for eleito presidente. Patrulhas e populismos de direita e de esquerda me apavoram. A militância cega torna o mundo mais burro e mais perigoso.

 

Seguindo o mesmo raciocínio, sou contra dar nota zero a redações do Enem que “desrespeitem os direitos humanos”. Coloco entre aspas porque esse julgamento é subjetivo. Nessa questão, estou com a ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal. Como dar a uma junta de professores o poder de anular redações que eles considerem ofensivas a direitos humanos? É possível, sim, dar nota zero a uma péssima redação. Mas não sem ao menos considerar sua qualidade de argumentação. Entraríamos aí no terreno do obscurantismo, da patrulha política ou religiosa. Do fanatismo. Da censura.

 

Sou contra multar Bolsonaro em R$ 150 mil por ter dito que seus filhos tiveram uma “boa educação”, com um pai presente e, por isso, ele “não corre o risco” de ter um filho gay. Bolsonaro é homofóbico. Bolsonaro é a favor de tortura. Bolsonaro é um militarista, a favor de porte de armas para todo cidadão. Bolsonaro é um perigo concreto de totalitarismo no Brasil, com sua candidatura à Presidência. Não deveria ser transformado em vítima por dizer o que acha. Os correligionários do deputado federal do PSC se consideram imbuídos de uma cruzada pela justiça, tradição, família, moral e bons costumes. Quando vemos que o ódio, o preconceito e a censura vêm muito do povo, de gente comum, podemos imaginar o apelo da fala de Bolsonaro. Deveríamos combatê-lo com a sensatez.

 

O bom exemplo da semana é que o Museu de Arte de São Paulo (Masp) decidiu que a exposição Histórias da sexualidade deixou de ser proibida para menores de 18 anos. Agora, a mostra passa a ter apenas a classificação indicativa, não proibitiva. Menores de idade poderão ir à exposição do Masp se acompanhados por seus responsáveis. Esse recuo do museu é respaldado por procuradores dos direitos do cidadão, que disseram: “Não cabe ao Estado impedir o acesso de crianças ou adolescentes a eventos tidos como ‘inadequados’ a sua faixa etária”.

 

No momento em que o Estado decidir tudo por nós, como pensamos, o que ouvimos, o que vemos, o que nossos filhos podem ou devem ver, ler, ouvir, será o fim da democracia e o começo da ditadura.

José Alves Campos o dia do Nordestino

 

Dia 8 de outubro é comemorado o Dia do Nordestino. José Alves Campos, companheiro nosso no Banco do Brasil, recentemente falecido, celebrou a data deste ano, em versos resgatados pelo amigo comum e colega, João Soares Nuto.

DIA DO NORDESTINO

Eu também sou nordestino

Sou da morada do sol

Lá fui peixe e fui anzol

Quando ainda era menino

Depois mudei meu destino

Resolvi aprender ler

Fui pro mundo fui viver

Fui cumprir o meu destino

Quanto mais sou nordestino

Mais tenho orgulho de ser

 

De tudo fiz nesta vida

No Brasil de norte a sul

O meu céu foi sempre azul

Meu chão um jardim florido

Disto sou reconhecido

E reconheço com prazer

Não me canso de dizer

Agradeço meu destino

Quanto mais sou nordestino

Mais tenho orgulho de ser

 

No começo foi difícil

Nasci na pobreza estrema

Mas crescer foi o meu lema

Meu azul foi sempre anil

Trabalhei com mais de mil

Sempre tentando aprender

Com vontade de crescer

Isto fiz desde menino

Quanto mais sou nordestino

Mas tenho orgulho de ser

 

Agradeço a meu Nordeste

Que me ensinou a ser forte

Sempre me mostrou um norte

Me fez um cabra da peste

Fez o meu azul celeste

Me ensinou a viver

Sempre tive o que quis ter

Não reclamo do destino

Quanto mais sou nordestino

Mas tenho orgulho de ser

Campos/08.10.2017 – dia do nordestino

 

Comentário do programa – Como dissemos n obituário, Zé Campos, apesar dos problemas de saúde, se mantinha intelectualmente ativo, escrevendo artigos políticos e econômicos e produzindo versos. Este foi escrito poucos dias antes de falecer. (LGLM)

Em Nota ex-superintendente da STTRANS diz que assumiu Autarquia com rombo de mais de 700 mil reais

 

(Patos Online)

 

O ex superintendente da Sttrans, Marcos Eduardo, procurou o Patosonline.com na manhã desta segunda-feira (06/11), para trazer sua versão sobre a notícia da reprovação das contas da autarquia referente ao ano de 2014.

Marcos disse que irá recorrer dessa decisão, e tem a certeza que a justiça será feita, pois não concorda com a maneira como foi julgada. O ex gestor, disse ainda que todas as irregularidades apontadas são reflexos de acúmulo de despesas de gestões anteriores e de pouco dinheiro no órgão.

Ele afirmou que já assumiu a Sttrans  com um rombo de quase 700 mil reais, fato esse agravado pela receita inferior a despesa.

Mais detalhes no site do Patos Online: http://patosonline.com/post.php?codigo=62374

Contratados pela Prefeitura de Patos através de Processo Seletivo assumem suas funções

 

Por COORDECOM   Segunda-Feira – 6 de Novembro de 2017

 

 

Os servidores contratados por excepcional interesse público pela Prefeitura de Patos assumiram suas funções nos últimos dias. Os servidores foram aprovados em Processo Seletivo Simplificado, como determina a legislação para a contratação temporária, e estão substituindo os servidores que haviam sido contratados no início do ano, de forma precária, enquanto se procedia à seleção.

 

Estes servidores contratados mediante o processo seletivo, por sua vez, mais adiante, deverão ser substituídos por aqueles que  forem aprovados por Concurso Público, que  a administração  municipal deverá realizar nos próximos meses.

 

De acordo com o secretário de Administração, Manoel Nóia, os servidores contratados agora estão sendo alocados em diversas secretarias, a maioria deles estão sendo alocados nas secretarias de Saúde e Educação. O secretário ainda falou sobre a possibilidade de mais candidatos aprovados serem convocados.

 

“Todos os aprovados já foram chamados, mas a medida que surgirem novas necessidades serão feitas novas chamadas dentro dos classificados para atender a demanda das diversas Secretarias do Município”, comentou. (RA)

 

Comentário do programa – Cumprindo a legislação e Termo de Ajuste de Conduta firmado pela administração municipal ainda no mandato anterior, a Prefeitura realizou o Processo Seletivo e agora contratou os aprovados e classificados no processo. Estes ocuparam vagas preenchidas anteriormente através de contrato precário cujos ocupantes foram agora substituídos pelos classificados no processo seletivo.

Atual administração municipal faz uma nova limpeza do Canal do Morro

 

Por COORDECOM   Segunda-Feira – 6 de Novembro de 2017

 

A Prefeitura de Patos, por meio da secretaria de Serviços Públicos, iniciou na manhã desta segunda-feira (06), a limpeza do Canal do Morro e das ruas e terrenos em seu entorno. Os trabalhos começaram no início do canal, por trás do CAIC, e seguirão nos próximos dias por toda a sua extensão.

 

Equipes de trabalhadores da secretaria estão realizando a limpeza interna de forma manual, com capinação, varrição e remoção de entulhos e os maquinários da secretaria também estão sendo utilizados para fazer a remoção de entulhos e mato, além de serem utilizados para limpar as ruas e terrenos no entorno do canal.

 

O secretário adjunto de Serviços Públicos, Nael Siqueira, disse que esta é a segunda vez este ano que está sendo realizada a limpeza deste canal e, aproveitou a oportunidade, para fazer um apelo a população para que colabore com a limpeza do local.

 

“Peço a população que nos ajude a manter o canal limpo, porque nós já fizemos uma limpeza aqui e na ocasião foram encontrados pneus, sofás velhos, metais, entre outros materiais que também já estamos encontrando novamente aqui. Se a população não colabora ela mesma é a mais prejudicada com isso”.

 

Comentário do programa – É a segunda vez este ano que a administração municipal faz a limpeza do canal do Morro. O material retirado é de duas origens: um é o mato que cresce naturalmente e que precisa ser retirado periodicamente. Outro é o entulho despejado em local indevido pela própria população. É com relação a este lixo produzido pela população que se faz o apelo de colaboração. Ou seja, grande parte do lixo é produzido pela população que não tem cuidado na hora de descartar o seu lixo. Se os moradores do entorno do canal colaborarem, o trabalho da administração será muito menor. Vale ressaltar que isto acontece em toda parte. Não é só no entorno do canal do Morro. Em outras partes da cidade se faz necessária a colaboração da população para não colocar lixo em local indevido e nem permitir que os seus vizinhos o façam. (LGLM)

Prefeitura age rápido e evita que fogo no Lixão se alastre

 

Por COORDECOM   Segunda-Feira – 6 de Novembro de 2017

 

Mais um incêndio no Lixão Público de Patos levou gestão municipal a se mobilizar em mais uma força tarefa para combater o fogo. Dessa vez, o episódio aconteceu neste último domingo, 5 de novembro, e provavelmente tenha iniciado às 5h.

 

O Corpo de Bombeiros da Cidade de Patos foi acionado e logo em seguida comunicou a gestão municipal sobre o ocorrido, a qual disponibilizou as equipes das Secretarias Municipais competentes para montar estratégias para que o incêndio não se alastrasse.

 

As equipes das Secretarias Municipais de Meio Ambiente e Serviços Públicos trabalharam entre as 7h às 17h, com a ajuda do Corpo de Bombeiros, para conter o incêndio e garantir a segurança dos que trabalham naquela localidade, como também da população patoense, impedindo que a fumaça se alastrasse e chegasse até a cidade.

 

O secretário Municipal de Meio Ambiente, Natércio Alves, disse que a equipe da Prefeitura de Patos estava hoje, segunda-feira (06/11), ainda, no Lixão concluindo os trabalhos, mas que a maior parte da ação já foi realizada.

 

“O prefeito Dinaldinho nos disponibilizou todo o aparato e também fomos auxiliados pelo Corpo de Bombeiros e conseguimos debelar em tempo hábil para que o incêndio não tomasse proporções maiores. Devido a ação que já tínhamos realizado devido o último incêndio, deixamos um material reserva que foi utilizado pelas máquinas da Prefeitura para fazer a cobertura da área onde ocorreu o incêndio e um abafamento para que a fumaça não se propague e vir até a cidade e causar maiores danos para a saúde da população”.

 

Natércio disse ainda que provavelmente o incêndio foi criminoso, mas que será investigado. (TL)

 

Comentário do programa – Duas providências tomadas anteriormente facilitaram o combate ao fogo. Um o loteamento do lixo feito para combater o grande incêndio anterior. Isto impediu que o fogo se alastrasse por uma área maior. Outro foi a terra acumulada no local em combates a incêndios anteriores, o que permitiu que o fogo fosse abafado mais rapidamente. Embora se saiba que nesta época quente, qualquer descuido pode provocar estes incêndios, como uma piola mal apagada ou pedaço de vidro que pela incidência do sol provoque uma chama, há suspeitas de que alguns desses incêndios sejam de origem criminosa, cuja motivação não se identificou ainda. (LGLM)

Exames de PSA são ofertados pelo Laboratório Municipal para demanda espontânea durante Novembro Azul

 

Por COORDECOM   Quarta-Feira – 8 de Novembro de 2017

Durante a campanha Novembro Azul no município de Patos, que foi lançada nesta terça-feira, (07/11), o Laboratório Municipal estará oferecendo exames de Antígeno Prostático Específico, (PSA), que sinaliza o Câncer de Próstata, para demanda espontânea, ou seja, não terá necessidade de marcação do exame para fazê-lo. Os diagnósticos ainda serão disponibilizados em até 24h para os pacientes.

A coordenadora de Laboratório e Farmácia, Germana Leitão, destacou que objetivo da ação é buscar garantir a agilidade no atendimento durante o período da campanha. “É importante enfatizar que esse exame será oferecido por demanda espontânea apenas durante o período da campanha Novembro Azul e depois volta ao normal, quando há a necessidade da marcação do exame na casa de Marcação e Regulação, precisando, apenas, da requisição médica. Tomamos essa iniciativa durante a campanha por saber que o homem tem uma resistência maior em ir ao médico. Atentos a isso, abrimos essa exceção para que eles se previnam”, disse.

Para  realizar o exame, o paciente deve seguir as seguintes orientações:

  • ·         Estar em jejum há, no mínimo, três horas;
  • ·         Não ter ejaculado nas últimas 48h;
  • ·         Não ter feito exercício em bicicleta (ergométrica ou não) nos últimos dois dias;
  • ·         Não ter andado de motocicleta nos últimos dois dias;
  • ·         Não ter praticado equitação nos últimos dois dias;
  • ·         Não ter usado supositório nos últimos três dias;
  • ·         Não ter feito cistoscopia nos últimos cinco dias;
  • ·         Não ter realizado ultrassonografia transretal nos últimos sete dias;
  • ·         Não ter feito colonoscopia ou retossigmoidoscopia nos últimos 15 dias;
  • ·         Não ter realizado estudo urodinâmico nos últimos 21 dias;
  • ·         Não ter feito biópsia de próstata nos últimos 30 dias;
    ·         Não ter mantido relações sexuais com ejaculação nas últimas 48 horas;
  • ·         O uso de biotina e suplementos alimentares que contenha biotina deve ser suspenso três dias antes da coleta.
  • ·         No caso de homens que tenham feito prostatectomia total (retirada total da próstata), o preparo não é necessário, com exceção do jejum de três horas.

 

A próstata é uma glândula que só o homem possui e que se localiza na parte baixa do abdômen. Ela é um órgão pequeno e se situa logo abaixo da bexiga e à frente do reto. Envolve a porção inicial da uretra, tubo pelo qual a urina armazenada na bexiga é eliminada. A próstata produz parte do sêmen, líquido espesso que contém os espermatozoides, liberado durante o ato sexual.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), no Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Em valores absolutos e considerando ambos os sexos, é o quarto tipo mais comum e o segundo mais incidente entre os homens.

 

O Laboratório Municipal está localizado na rua Juvenal Lúcio, bairro Belo Horizonte, e funciona das 07h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h00, de segunda a sexta. (IN – MN)

 

Comentário do programa – A realização do PSA não descarta a realização do toque, cuja necessidade fica a depender de uma avaliação do urologista.  As exigências feitas para a realização do PSA evitam impedir um alarme falso, apresentando um falso resultado que pode levar a enganos no diagnóstico do médico. (LGLM)

STTRANS revitaliza sinalização nas ruas de Patos

 

Por CORDECOM   Quarta-Feira – 8 de Novembro de 2017

 

A STTRANS, está revitalizando a sinalização de ruas e avenidas do município. Já foram revitalizadas, vinte e três ruas, beneficiando mais de dez bairros.

 

Nesta etapa, os serviços foram realizados nos bairros Monte Castelo, Liberdade, Belo Horizonte, São Sebastião, Santo Antônio, Salgadinho, além de várias ruas no centro da cidade e no distrito de Santa Gertrudes.

 

No centro da cidade podemos destacar o entorno da Praça Getúlio Vargas, o largo da Catedral de Nossa Senhora da Guia, a rua Leôncio Wanderley e a avenida Sólon de Lucena.

 

A equipe de sinalização da STTRANS esteve realizando os trabalhos com pinturas de faixas de pedestres, lombadas, linhas de eixo, bordo e de retenção, visando a redução de acidentes nos cruzamentos, regulamentando estacionamentos, colocando setas direcionais, executando pinturas de eixos de readequação de sinalização e pintura horizontal de sinalização.

 

De acordo com Esdras Cordeiro do Departamento de Sinalização da STTRANS, na próxima etapa serão beneficiadas vinte ruas, nos bairros do Noé Trajano, Novo horizonte, Belo-Horizonte, São Sebastião, Monte Castelo, Jatobá, Jardim Guanabara e Maternidade.

 

“No primeiro momento começamos trabalhando com toda revitalização da área central. E nesse segundo momento estamos intensificando os trabalhos nos bairros, já implantamos o projeto em mais de dez bairros e a nossa previsão é que até dezembro nós tenhamos implantado o projeto de sinalização em mais vinte bairros. Estamos com um bom estoque de tintas e vamos fazer uma revitalização grande, falou Esdras Cordeiro, do Departamento de Sinalização da STTRANS.

 

Esdras destacou o trabalho que foi feito na lateral da Catedral de Nossa Senhora da Guia, onde foi feito um processo de canalização, dividindo o eixo da via. Foram colocadas duas mini rotatórias, além de regulamentar o estacionamento.

 

“Foi comprovado que essas ruas em que mudamos o estacionamento teve um impacto positivo muito grande na região. Outro ponto que tínhamos problemas e, graças a Deus, resolvemos foi no cruzamento do Posto Carreteiro. Fizemos um tratamento com giro baiano e conseguimos evitar muitos acidentes”, finalizou Esdras.

 

Se você tem um problema de sinalização na sua rua, entre em contato com a STTRANS, no número (83) 3422-1019. A STTRANS fica localizada na Rua Horácio Nóbrega no Bairro do Belo Horizonte. (PC)

 

Comentário do programa – Um trabalho muito importante este de sinalização o que não só organiza o trânsito, como pode também evitar acidentes. (LGLM)

Defesa Civil de Patos se reúne com CAGEPA e define melhorias para o abastecimento de água na zona rural da cidade

 

Por Coordecom   Quinta-Feira – 9 de Novembro de 2017

 

A Defesa Civil de Patos se reuniu nesta quarta-feira (08/11) com a Gerência Regional da CAGEPA, na sede do órgão, para tratar sobre melhorias na distribuição de água da zona rural de Patos.

 

Entre os representantes da Defesa Civil estava o chefe do setor operacional, Jakiano Almeida; o chefe do setor de minimização de riscos, Suélio Brilhante e representando a CAGEPA estava o químico responsável, João e o gerente regional, Maciel Damasceno.

 

Na ocasião ficou definido a ampliação dos locais de captação de água por parte da Prefeitura que paga, antecipadamente, a CAGEPA a água para ser entregue a população da zona rural.

 

Antes a Prefeitura abastecia seus carros pipas no ponto de distribuição da CAGEPA no bairro do Jatobá, e agora passa também a pegar água nos pontos de Santa Gertrudes e Santa Terezinha, melhorando e facilitando a vida das famílias do campo.

 

Vale salientar que a água fornecida pela CAGEPA e distribuída pela Prefeitura é tratada e própria para o consumo humano. A distribuição acontece de segunda a sexta-feira através dos quatro carros pipas do município. (DA)

 

Comentário do programa – Os dois novos pontos de acesso à água da CAGEPA agilizam o atendimento nas áreas próximas a estes pontos, diminuindo o trajeto a percorrer. (LGLM)