Carteiras de Identidade estão sendo emitidas normalmente, explica gerente da casa da Cidadania

By | 17/12/2017 7:38 am

(Patos Online)

 

A gerente da Casa da Cidadania que funciona no Rodoshopping de Patos, Klécia Lopes, concedeu entrevista nesta terça-feira (12), e na oportunidade esclareceu que a emissão da primeira e segunda via da carteira de identidade está sendo feita normalmente.

No tocante à demora para entrega do documento, Klécia disse que trata-se de um procedimento normal, já que os RGs são produzidos em João Pessoa, e sendo assim, é necessário o período de 30 a 45 dias úteis.

 

Ela chegou a mencionar que a primeira via da carteira de identidade não estava sendo emitida, mas garantiu que o problema já está sendo resolvido.

 

Para solicitar a carteira de identidade o cidadão ou cidadã precisa levar consigo a certidão de nascimento ou casamento original, a identidade antiga e o fator RH (tipo sanguíneo). Se for a segunda via o valor a ser pago é de R$ 24,00. Se for primeira via o documento é emitido gratuitamente.

 

A gerente ainda disse que a única forma de agilizar o processo de entrega seria através da própria Secretaria de Segurança Pública, porém afirmou que não tem competência para tratar desta matéria.

 

Comentário do programa – Entendemos que a necessidade de imprimir o documento em João Pessoa provoque a demora, mas achamos uma demora de 30 a 45 dias injustificável. Mesmo que os malotes sejam expedidos para João Pessoa nos finais de semana, mais oito dias seriam suficientes para a impressão, o que poderia resultar no máximo em quinze dias de demora. Por outro lado, numa cidade do porte de Patos e que atende uma vasta região já justificaria a existência de um equipamento que imprimisse as carteiras aqui mesmo em Patos, como já faz o Ministério do Trabalho com as Carteiras Profissionais. (LGLM)

Comentário

Comentário

Category: Locais

About Luiz Gonzaga Lima de Morais

Formado em Jornalismo pelo Universidade Católica de Pernambuco, em 1978, e em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco, em 1989. Faz radiojornalismo desde março de 1980, com um programa semanal nas Rádios Espinharas AM e FM na cidade de Patos (PB), a REVISTA DA SEMANA. Mantém na TV Sol, canal fechado de televisão na cidade de Patos, que faz parte do conteúdo da televisão por assinatura da Sol TV, o programa SALA DE CONVERSA, um programa de entrevistas e debates.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *