Daily Archives: 08/11/2017 2:43 pm

Professores das creches municipais participam de Oficina Palestra com professor Jorge Azevedo

Uma parceria entre a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e a Secretaria Municipal de Educação levou, na noite desta terça-feira, dia 07, no auditório da Educação, para os professores das creches de Patos a Palestra Oficina O Soltador de Pipas, ministrada pelo premiado professor de História das Artes, Jorge Azevedo.

 

A palestra oficina discute de forma lúdica e dinâmica a construção do aluno a partir das contribuições do professor. Durante a noite o professor contava a história desde quando se recebe o aluno inicialmente até o final de sua jornada em sala de aula.

 

“Conheci o Jorge Azevedo através da mídia, ele que é pedagogo, escritor, arquiteto. Então fizemos contato para que ele viesse para cá fazer algumas oficinas baseadas nas suas experiências. O Soltador de Pipas foi escolhido para ser trabalhado com professores da educação infantil, trazendo de forma lúdica como construir um aluno que chega até deixa-lo pronto para a vida. Não deixa de ser um trabalho social, e é uma forma dele trabalhar a cidadania. A educação trabalhando a cidadania do aluno,” comentou Ilva Lacerda, gerente da rede de proteção social especial da Secretaria de Desenvolvimento Social.

 

De acordo com o palestrante, o professor Jorge Azevedo, o título O Soltador de Pipas faz alusão aos dois elementos o professor e o aluno, sendo este último a pipa, que de início é um simples pedaço de papel que ainda não descobriu suas capacidades, nem desenvolveu suas habilidades.

 

“Aqui nessa experiência o professor se depara com o aluno em seu primeiro dia de aulas, cheio de receios, o medo do desconhecido. A gente viu que os professores se retraíram diante do desafio desconhecido, inusitado. Quando o professor é desafiado isso contribui para com a formação dele, ele se encontra com a dificuldade que é encontrada pelo aluno. Essa oficina mostra que o aluno nos ensina. Da mesma forma que precisamos de ajuda para montar a pipa da dinâmica, o aluno também precisa de auxílio. A oficina, apesar de ser um momento lúdico, ela tem o objetivo de despertar no professor a responsabilidade dele diante da dificuldade do aluno,” revelou o palestrante.

 

Finalizando a atividades as professoras foram para a área externa da secretaria para soltar as pipas confeccionadas por elas. “A pipa é a figura do aluno que passou pela transformação. É a transformação do aluno em cidadão. No momento em que o professor solta a sua pipa é o momento em que eles se desligam um do outro, é quando o aluno já pode voar sozinho, quando já está com a sua estrutura social formada” concluiu Jorge Azevedo.

 

 

UBS Aderbal Martins oferecerá atendimento urológico nesta quarta-feira (08) a noite

Seguindo a programação da campanha Novembro Azul em Patos, uma realização da Secretaria de Saúde, por meio da coordenação da atenção básica em Saúde, a Unidade Básica de Saúde Aderbal Martins, localizada no bairro Monte Castelo, estará disponibilizando de atendimento urológico, nesta quarta-feira, (08/11), a partir das 18h, bem como de palestras de conscientização, prevenção e tratamento do Câncer de Próstata, além de assuntos relacionados à saúde do homem.

 

O objetivo da ação é buscar trazer mais comodidade ao público masculino que, em sua grande maioria, possui atividades extras durante o dia e, assim, tentar atingir o máximo de cobertura possível na prevenção do Câncer de Próstata no município.

 

Para garantir o atendimento, o interessado deve comparecer à unidade em posse do cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) e documento oficial com foto.

 

A ideia do Novembro Azul é desmistificar a doença, que, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), no Brasil, é a segunda mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Só em 2016, 61.200 (sessenta e um mil e duzentos) casos foram diagnosticados no país, um número alarmante. (IN – MN)

Exames de PSA são ofertados pelo Laboratório Municipal para demanda espontânea durante Novembro Azul

Durante a campanha Novembro Azul no município de Patos, que foi lançada nesta terça-feira, (07/11), o Laboratório Municipal estará oferecendo exames de Antígeno Prostático Específico, (PSA), que sinaliza o Câncer de Próstata, para demanda espontânea, ou seja, não terá necessidade de marcação do exame para fazê-lo. Os diagnósticos ainda serão disponibilizados em até 24h para os pacientes.

A coordenadora de Laboratório e Farmácia, Germana Leitão, destacou que objetivo da ação é buscar garantir a agilidade no atendimento durante o período da campanha. “É importante enfatizar que esse exame será oferecido por demanda espontânea apenas durante o período da campanha Novembro Azul e depois volta ao normal, quando há a necessidade da marcação do exame na casa de Marcação e Regulação, precisando, apenas, da requisição médica. Tomamos essa iniciativa durante a campanha por saber que o homem tem uma resistência maior em ir ao médico. Atentos a isso, abrimos essa exceção para que eles se previnam”, disse.

Para  realizar o exame, o paciente deve seguir as seguintes orientações:

·         Estar em jejum há, no mínimo, três horas;
·         Não ter ejaculado nas últimas 48h;
·         Não ter feito exercício em bicicleta (ergométrica ou não) nos últimos dois dias;
·         Não ter andado de motocicleta nos últimos dois dias;
·         Não ter praticado equitação nos últimos dois dias;
·         Não ter usado supositório nos últimos três dias;
·         Não ter feito cistoscopia nos últimos cinco dias;
·         Não ter realizado ultrassonografia transretal nos últimos sete dias;
·         Não ter feito colonoscopia ou retossigmoidoscopia nos últimos 15 dias;
·         Não ter realizado estudo urodinâmico nos últimos 21 dias;
·         Não ter feito biópsia de próstata nos últimos 30 dias;
·         Não ter mantido relações sexuais com ejaculação nas últimas 48 horas;
·         O uso de biotina e suplementos alimentares que contenha biotina deve ser suspenso três dias antes da coleta;
·       No caso de homens que tenham feito prostatectomia total (retirada total da próstata), o preparo não é necessário, com exceção do jejum de três horas.

A próstata é uma glândula que só o homem possui e que se localiza na parte baixa do abdômen. Ela é um órgão pequeno e se situa logo abaixo da bexiga e à frente do reto. Envolve a porção inicial da uretra, tubo pelo qual a urina armazenada na bexiga é eliminada. A próstata produz parte do sêmen, líquido espesso que contém os espermatozóides, liberado durante o ato sexual.
De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), no Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Em valores absolutos e considerando ambos os sexos, é o quarto tipo mais comum e o segundo mais incidente entre os homens.

 

O Laboratório Municipal está localizado na rua Juvenal Lúcio, bairro Belo Horizonte, e funciona das 07h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h00, de segunda a sexta. (IN – MN)

Procon discute com as escolas particulares regras para o próximo ano letivo

A Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor (Procon – Patos) realizou nesta última terça-feira, 7 de novembro, na sua sede da rua Rui Barbosa, uma reunião com os representantes das escolas privadas de Patos para acertar os procedimentos para o ano letivo de 2018.

 

Na oportunidade foram discutidos temas como cobrança por serviços de emissão de histórico escolar, diplomas, declarações e certificados. Também foram debatidos temas como a transferência de alunos e o reajuste de mensalidade, dentre outros.

 

Um dos pontos importantes da reunião foi a questão da inadimplência, e consequentemente a cobrança de dívidas, multas por atraso de pagamento e a inscrição do responsável em cadastros de restrição de crédito como SPC e SERASA. Também foi discutida a não aceitação de matrículas devido a falta de pagamento e as sanções pedagógicas em função de débitos.

 

Outro ponto bastante discutido foi a lista de material escolar, que todos os anos é motivo das maiores reclamações dos pais e que na realidade muitas vezes chega a ultrapassar o que realmente é necessário para o aluno, como também a venda desses materiais pela própria escola.

 

Na oportunidade foi solicitado pelo Procon que as escolas apresentassem a  planilha de custos justificando algum possível aumento nas mensalidades, cópias dos contratos assinados pelos pais, bem como a apresentação da lista de materiais escolares para análise do órgão de Defesa do Consumidor.

 

O secretário do Procon Municipal, Bruno Maia, disse que que o órgão está prevenindo as escolas com relação ao ano letivo de 2018, para que trabalhem de forma correta e alinhada com a lei e para que não tenham problemas maiores com os pais e alunos no decorrer do ano.

 

“Graças a Deus a reunião transcorreu muito bem, os representantes das escolas foram ouvidos e seus pontos de questionamentos foram anotados. Da mesma forma o Procon repassou todas as exigências legais a serem cumpridas, na oportunidade foram solicitados documentos referentes aos possíveis reajustes de mensalidade para o ano de 2018 e a lista de materiais para que fosse discutido sobre algum eventual item específico para o próximo ano. Estamos aguardando o resultado da solicitação para que possamos fechar todo esse procedimento que exige tanto cuidado”. (TL)

 

Novo espaço de eventos será 4 vezes maior que o Terreiro do Forró da cidade de Patos

Jozivan Antero – Patosonline.comNovo espaço de eventos de Patos

O secretário de Infraestrutura do Município de Patos, engenheiro Antônio Carlos, o Lito, esteve na manhã desta terça-feira, dia 07, em visita técnica com demais funcionários da secretaria no novo espaço de eventos que está sendo planejado da cidade de Patos.

Os terrenos pertencem a Rede Ferroviária e foi autorizada a concessão para a utilização por arte da Prefeitura Municipal de Patos. O ato de concessão se deu através do Governo Federal, tendo articulações de aliados do prefeito Dinaldinho Wanderley (PSDB).

As áreas estão localizadas em espaços nobres entre o Centro de Patos e as divisas dos bairros

Secretário e engenheiros

liberdade, Belo Horizonte, Jardim Queiroz, porém desvalorizados devido a ocupações irregulares e também por ocupar diversos casebres com famílias de alto grau de vulnerabilidade social. A localidade conhecida por “Baixo Meretrício” está dentro dos espaços que foram cedidos a Prefeitura Municipal de Patos.De acordo com o secretário de Infraestrutura, a visita é mais uma dentre outras que já foram realizadas. “Estamos vendo as questões de adequações de terrenos, ver a situação existente para diminuir custos e aproveitar a topografia. Vamos ver se 

Novo espaço de eventos de Patos

fazemos adaptações no que já existe para mexer o mínimo possível”, relatou Lito que ainda acrescentou sobre os proprietários de alguns terrenos na área: “A gente já entrou em contato com a maioria dos proprietários que se dizem ser donos dos terrenos. Pedimos para eles apresentarem documentos. Os que foram legais faremos negociações e os que forem irregulares, paciência não terão negociações”.O desejo da Prefeitura Municipal de Patos é que a nova área de eventos seja utilizada já para os festejos juninos de 2018. Quando finalizada, o novo espaço será quatro vezes maior que o Terreiro do Forró, localizado no Jardim Califórnia, Centro.

 

 

 

Temer reúne ministros e deputados para fechar pontos principais de reforma da Previdência

(Reuters)

Depois de um dia tentando reverter a ideia de que teria praticamente desistido de aprovar a reforma da Previdência, o presidente Michel Temer reúne-se na manhã desta quarta-feira (8) com ministros, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e deputados para fechar os pontos da proposta que o governo deve tentar votar ainda este ano.

Convencido pelos parlamentares de que não há mais condições de aprovar o projeto como foi fechado na comissão especial, o governo deve centrar em apenas três pontos: idade mínima de 65 anos para homens e 62 para mulheres, regra de transição para implementação da idade mínima e equiparação das regras de aposentadoria do serviço público com o regime geral da Previdência.

Leia mais:

Temer receberá no Planalto o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, o secretário de Previdência do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano, e os deputados Arthur Maia (PPS-BA), relator da Previdência, e Carlos Marun (PMDB-MS), presidente da comissão especial, entre outras autoridades, para debater a reforma.

O presidente ouviu de deputados e senadores nos últimos dois dias que não havia nenhuma chance de se conseguir aprovar a reforma completa, e o governo deveria tentar apenas dois ou três pontos principais.

Ainda assim, hoje não há os 308 votos necessários na Câmara para aprovar uma Proposta de Emenda à Constituição, como a reforma previdenciária.

No entanto, os líderes da base disseram a Temer que nesses três pontos, onde há mais consenso e menos resistências, seria possível construir uma maioria.

Senadores do PSDB chegaram a sugerir ao presidente enviar um novo projeto, simplificado, mas a ideia está descartada.

“Está pronto pra votar no plenário. É só mudar o texto”, disse um auxiliar do presidente. “Começar tudo de novo, só em 2020”.

O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, afirmou há alguns dias que os três pontos principais preservariam 70% da economia prevista pela proposta que saiu da comissão especial. No entanto, essa proposta já representava cerca de 70% do que o governo tinha previsto inicialmente.

A mudança que pode ser aprovada deve dar um fôlego às contas públicas pelos próximos quatro anos, o que obrigaria o próximo governo a fazer novas mudanças.

A conta dos senadores é que, aprovada a PEC até o final deste ano na Câmara, o texto deve começar a ser apreciado em fevereiro no Senado e pode ser votado até o final de março. É o limite para que o Congresso entre em modo eleitoral, o que praticamente impediria qualquer avanço na matéria.

Na terça-feira, Temer divulgou um vídeo para afirmar que está empenhado na negociação da reforma, depois de o dólar encostar no patamar de R$ 3,28 e o Ibovespa fechar abaixo dos 73 mil pontos pela primeira vez em dois meses, em reação à ideia de que o governo poderia ter desistido de investir na proposta.